Buscar

A cultura do "se sentir bem" (feel good)

Atualizado: 4 de Out de 2019

Porque será que temos a necessidade de sempre nos sentir bem? E porque será que aqui nos EUA a indústria do prazer e do entretenimento é tão forte?



Todos os dias ouço alguém falar "Ah isso faz tão bem!" ou " Me sinto tão bem sempre que faço isso".


Você também ja ouviu alguém dizer, não e? Ou vocês mesmas já disseram?


Porque será que, hoje em dia, se sentir bem virou o sentido da vida?


Vemos jovens e adultos usando drogas, porque se sentem bem; bebendo, porque se sentem bem; comendo, porque se sentem bem etc.


Virou uma cultura generalizada que está deixando as pessoas mais egoístas e mais vaidosas.


Uma vez ouvi que o mau do século é a vaidade.


A cultura do corpo e da beleza, por exemplo, fazem as pessoas se sentirem bem. So que é um poço sem fundo, pois nunca estaremos satisfeitas com os resultados e sempre buscaremos mais mudanças ou novidades.


Então, será que realmente nos sentimos bem? Ou nos deixamos enganar pois é o que a mídia ou a amiga diz que é o certo?


A busca ao prazer sempre existiu, desde que o mundo é mundo. Mas recentemente essa busca vem aumentando ao longo dos anos.


As pessoas estão cada vez mais pensando no próprio prazer e se sentem cada vez mais carentes e mais infelizes.

De acordo com o World Happiness Report, os EUA ocupam o 13 lugar!!


Um pais super rico e democrático, mas infeliz.



Aqui nos EUA as pessoas trabalham muito e se dedicam de verdade gerando muita competição. A vida não é fácil e as indústrias vendem cada vez mais produtos para fazer as pessoas se sentirem bem por um momento do dia.


Essas indústrias do entretenimento e do lazer crescem cada vez mais, tentando suprir essa carência da população.


Claro que ter acesso a lugares e situações novas é super legal, mas tudo com moderação, pois viver não quer dizer se sentir bem o tempo todo.


Como em qualquer tipo de relacionamento, na vida existem momentos em que há trancos e barrancos e isso faz parte do crescimento humano.


O problema, por exemplo, dessas indústrias do prazer, como drogas, sexo, remédios, massagens etc é que são prazeres momentâneos e quando terminam a pessoa fica em depressão querendo mais.


Eu tenho uma familia, e nem sempre me sinto bem, mas eu sei que isso passa e o que fica é o que construimos.


Viver somente do presente é muito perigoso, pois precisamos sim, plantar para colher lá na frente gerando um sentido maior para a nossa existência.

Claro que é importante comer uma comida boa, fazer exercícios e ter pequenos prazeres durante o dia para quebrar um pouco a seriedade.



Eu, por exemplo, adoro ouvir música e dançar com as crianças, tanto no carro, quanto em casa. Isso nos faz sentir bem de uma maneira saudável.


Vamos aprender a ter prazer nas pequenas coisas que existem aqui, na nossa frente. O mundo é tao rico, e as vezes não percebemos o que está logo ali.


E meninas, tomem cuidado com o que te oferecem pois nem sempre o que é americano faz bem :).


16 visualizações

BRASILEIRAS NOS EUA

©2023 by [Business Name]. Proudly created with Wix.com