Buscar

Como é estar grávida e morando nos EUA?

Atualizado: 3 de Nov de 2019


Estar grávida nos EUA engloba uma série de fatores bem diferentes de como funciona no Brasil. Muitas mulheres estranham as diferenças, então é bom se familiarizar para não ter surpresas.



1- Planos de saúde

Mesmo tendo o plano de saúde ajudando, você pode gastar em média $10,000 desde o início da gravidez até o nascimento - possivelmente ainda mais se voce tem uma gravidez problemática ou mora em uma cidade cara como New York. A maioria não pode arcar com esses custo, então antes de engravidar , ligue para a sua companhia de seguro e pergunte o que eles cobrem exatamente para voce se planejar. Não presuma que todo teste, check up ou hospital sera de graça. Fique atenta se voce descobrir que a empresa que voce trabalha (ou o seu marido) esta preparando mudar as companhias de seguro durante a gravidez. Algumas vezes, nesses casos, gravidez pode ser classificado como condição pré existente e voce não estava coberta pelo plano.


2- A preparação financeira e emocional com a licença maternidade nos EUA

Diferente do Brasil, em que as mulheres tem uma licença de 4 meses pagos, as empresas americanas tendem a ser bem menos generosas. Os benefícios que você irá receber dependem da lei do Estado em que você mora e dos regulamentos do seu trabalho mas normalmente você recebe uma licença de 12 semanas não pagas de acordo com a 1993 Family and Medical Leave Act. As mulheres, as vezes, conseguem adicionar também os sick days junto com a licença ou férias e dias pessoais, mas não assuma que você conseguirá adicionar esses dias. Marque um encontro com o seu chefe ou com alguém do RH da empresa para discutir os seus direitos.


3- Licença paternidade

Novamente, nao existe nenhuma lei que obrigue as empresas a permitir dias livres para os pais. O seu marido terá que desistir dos dias das férias para estar durante o nascimento e sua recuperação. Ele talvez também fique sem receber por esses dias. Então, faz sentido que ele volte a trabalhar imediatamente após o nascimento já que você estará sendo cuidada no hospital por alguns dias e recomeçar a licença dele quando você voltar para casa. Será muito bem vinda a ajuda dele quando não tiver enfermeiras que ajudem a cuidar do bebê para você descansar.


4_ A escolha do pediatra

Quando o bebê volta para casa, ele começará a visitar o pediatra desde o começo. Isso significa que você deve procurar um bom médico se inscrever uns meses antes do nascimento do bebê. Algumas clinicas pediátricas oferecem dias específicos aonde voce pode encontrar os médicos e determinar se o estilo deles é o que voce está procurando. Durante a sua estadia no hospital, o seu bebê deverá estar coberto pelo seu plano de saúde. Ele somente poderá ser adicionado no plano quando tiver o social security.

5- Limitando as suas idas ao Brasil

A maioria das companhias de aviação pedem um atestado médico de que a sua gravidez é de baixo risco e pode viajar depois de 28 semanas, então é bom programar a sua última viagem para casa antes dessa semana. E bem possível que você não faça viagens até que o seu bebê tenha alguns meses de vida e você esteja totalmente recuperada. Algumas companhias aéreas oferecem um bassinet no avião mas estas devem ser reservados com antecedência.


6 - Como será a sua vida sem o suporte da família e amigos

E natural querer a família e os amigos por perto quando se está grávida ou quando virou mãe de primeira viagem. Mas para muitos expatriados, isso não é possível, por isso a ajuda de grupos de suporte para mães novas e para pos parto como uma consulta sobre amamentação com especialistas ou doulas. Para outras, ficar perto da família e amigos precisa de muita dedicação e não estão dispostas a ter esse esforço naquele momento. Se os seus pais ou amigos próximos se convidarem para acampar no seu apto ou casa após o parto, você pode dizer a eles o mais cedo possível que isso não vai funcionar, se é como você se sente. Seria bom sugerir que eles fiquem em um lugar perto ou se algum amigo pode abrir a casa para eles.


7 - Verifique se o seu visto ainda estará válido até e depois do due date

Verifique se você tem ou terá qualquer problema com o visto antes de engravidar nos EUA se está planejando ter o bebê aqui. O estresse de batalhar uma burocracia ou potencial deportação durante a gravidez pode prejudicar a saúde dele e a sua.


8 - Obstetra ou midwife

Nos EUA, um obstetra e enfermeiras especializadas, são os que acompanham o pré natal e os que fazem o parto. Se bem que o número de midwives participando de partos vem crescendo bastaste, então se preferir uma você consegue. Algumas brasileiras gostam muito da maneira tradicional americana de conduzir uma gravidez. Seja qual for o método que voce escolher, não se esqueça que o contato entre o paciente e o médico aqui são muito diferentes de como funciona no Brasil. Também se deve levar em conta que os americanos fazem uma separação entre parto médico e o parto natural. Os dois tipos são disponíveis mas se preferir uma experiência sem medicamentos em um birthing center, mesmo que o lugar seja dentro de um hospital, voce não poderá mudar de idéia e pedir medicações fortes se a dor estiver muito forte. Mas claro que se houver alguma complicação, você será transferida para o hospital.

9 - Devo contratar uma doula?

Enquanto as midwives atendem a muito poucos partos nos EUA, os parto com doula são muitos. No caso de você não saber, a doula é uma parceira de parto que não tem treinamento médico mas está ali somente para dar suporte.Tem algumas doulas que oferecem suporte pós parto para os novos pais e algumas fazem os dois.


10 - Benefícios do governo

Se você tiver um bebê nos EUA, dependendo da sua situação com a imigração e da sua renda, você pode qualificar o bebê para o Medicaid. Este oferece planos de saúde durante o primeiro ano de vida cobrindo todos os custos médicos dele. Também, os hospitais oferecem assistência financeira para quem não pode arcar com todas as despesas do parto. Mas todos esses benefícios dependem da renda da família que terá que ser comprovada.



Gravida nos EUA

66 visualizações

BRASILEIRAS NOS EUA

©2023 by [Business Name]. Proudly created with Wix.com