Buscar

Como funcionam as farmácias nos EUA

De mudança para os EUA e não sabe como fazer para conseguir ter acesso aos remédios? Aqui você vai aprender como funciona o sistema das farmácias e como ter acesso aos seus remédios.



Assim como no Brasil, existem remédios em que se pode comprar sem a prescrição médica e também os remédios que só podem ser comprados com a prescrição.


Os remédios que não precisam de prescrição médica são chamados de "over the counter", pois ficam nas prateleiras das drogarias e qualquer pessoa pode ter acesso.


Mas, mesmo sendo de fácil acesso, não é tao fácil entender como comprar.


Aqui nos EUA existe uma variedade muito grande de remédios com dosagens diferentes.


A indústria farmacêutica é gigantesca, existindo muita concorrência.


Então, mesmo para comprar os remédios "over the counter", é melhor ter um pedido médico para saber a dosagem e a marca correta.


Ja os remédios com prescrição médica ficam numa área chamada "Pharmacy", onde farmacêuticos trabalham preenchendo os pedidos.


Para conseguir esses remédios, primeiramente, a pessoa precisa ir a um médico, urgent care ou alguma clínica. Lá o médico vai avaliar o remédio e dosagem necessários e ele mesmo manda a prescrição pelo sistema dele direto para o sistema da farmácia.


O médico vai te perguntar primeiro qual é a farmácia que você quer usar. Aqui existem, por exemplo: Wallgreens, CVS, Duane etc.


Além de poder escolher a empresa que você quer usar, você também poderá escolher a filial que quer frequentar para comprar os remédios e o pedido vai direto para lá.


Muito legal, não é?!


Aqui ninguém precisa ficar guardando papel de receita médica porque as farmácias já recebem o pedido diretamente do médico.

Sabem o que é ainda mais legal?


Enquanto você vai embora da consulta a caminho da farmácia, o seu remédio ja está pronto para você comprar. Claro que as vezes temos que esperar uns minutinhos mas em geral é bem rápido.


Os remédios não vêm nas caixas originais como no Brasil. Aqui os farmacêuticos colocam a quantidade que o médico pediu em um vidrinho amarelo de plástico e colam um rótulo com as informações sobre o remédio, inclusive como o médico pediu para você tomar.


Outra coisa legal é que os planos de saúde cobrem parte ou o valor total dos remédios de prescrição médica.


Os planos de saúde não cobrem os remédios "over the counter".


Os farmacêuticos são profissionais treinados para responder as suas dúvidas, então não fiquem com vergonha de perguntar nada. Eles gostam de ajudar e as vezes até conseguem um coupon extra para dar um desconto ainda maior no seu remédio se o plano não cobrir o valor total.


Entao, é sempre bom ter uma farmácia que você se indentifque com as pessoas que trabalham lá e que você se sinta a vontade para pedir e perguntar.


Agora, como em todos os países do mundo, os remédios são uma indústria e as farmácias querem ganhar $$.


Converse com o seu médico se realmente é preciso tomar a prescrição de uso contínuo.


Quando é necessário usar um remédio diariamente, o médico envia para a farmácia o número de refis que você pode usar. Aí, quando o remédio tiver acabando você já pode ligar pra farmácia e, usando o número do remédio que está no rótulo, pode pedir o refil.



Se o número de refis terminar e ainda for preciso tomar o remédio, você pede para o farmacêutico entrar em contato com o médico e fazer o pedido.


Eles conseguem mais rápido do que nós, podem acreditar!


O sistema de farmácias aqui nos EUA funciona muito bem, sendo bem mais prático para todos nós. Algumas drogarias oferecem, inclusive, uma janela de drive thru, onde se pode pegar os remédios sem precisar sair do carro.


Espero que tenha conseguido esclarecer as suas dúvidas sobre as diferenças no sistema da farmácias.


Para informações mais específicas, consulte o seu plano de saúde.






68 visualizações

BRASILEIRAS NOS EUA

©2023 by [Business Name]. Proudly created with Wix.com