Buscar

Entendendo a cultura americana

Dicas para aclimatar a vida diária dos EUA



Abaixo está uma lista de algumas diferenças notáveis ​​entre americanos e pessoas de outros países. Entender essas diferenças básicas permitirá que você se adapte melhor à sua nova cultura nos EUA.


Comportamento - Os americanos são muito mais assertivos do que a maioria dos visitantes internacionais. Eles usam palavras como ferramentas para expressar suas opiniões e realizar metas. Os Estados Unidos são uma sociedade bastante individualista, com menos pressão social para se conformar. Como resultado, você precisará se tornar mais assertivo e falar em seu próprio nome. Tome a iniciativa e forneça informações que serão de interesse. Em uma entrevista, fale sobre seus objetivos e realizações. Um provérbio americano expressa esse requisito de forma sucinta: se você não tiver o seu próprio chifre, quem será?


Assim, os americanos começam uma discussão com foco em realizações e fatos concretos, e depois seguem para o resumo. Você deve iniciar qualquer conversa ou proposta com as informações mais importantes. Seja direto e reserve pequenas conversas para mais tarde.


O contato visual também é importante. Não é um sinal de desrespeito, mas sim uma indicação de abertura, honestidade e entusiasmo.


Espaço Pessoal - A distância pessoal média varia de cultura para cultura. Os americanos tendem a exigir mais espaço pessoal do que em outras culturas. Se você tentar se aproximar demais de um americano durante a conversa, ele sentirá que você está “na cara deles” e tentará se afastar. Tente evitar o contato físico enquanto estiver falando, pois isso pode causar desconforto. Tocar é um pouco íntimo demais para conhecidos casuais. Não coloque o braço em volta do ombro, toque o rosto ou segure a mão. Apertar as mãos quando você se encontra ou parte inicialmente é aceitável, mas isso é apenas momentâneo.


Se dando bem com os americanos

Amizades, relacionamentos, assédio sexual


As amizades entre os americanos tendem a ser mais curtas e menos intensas do que as entre pessoas de muitas outras culturas, porque os americanos são ensinados a serem auto-suficientes e a viver em uma sociedade muito móvel. As amizades são “compartimentalizadas” com “amigos no trabalho” ou “amigos na escola”. Os americanos geralmente parecem muito amigáveis, mesmo quando você os conhece pela primeira vez. Essa simpatia nem sempre significa que a pessoa está procurando por um relacionamento mais profundo. são agradáveis ​​e profissionais, mas indiretos e escondem suas verdadeiras emoções / sentimentos. Ser educado é importante nessa cultura, e às vezes eles podem continuar sendo gentis com você, mesmo que não desejem buscar uma amizade mais profunda.


Aproximar-se de outra pessoa com uma atitude positiva irá levá-lo além da agressividade, o que geralmente não é tolerado. É melhor, às vezes, ser esperto e não estar certo, mesmo se tiver certeza de que a outra pessoa está errada. Mantenha seu sorriso mesmo quando estiver chateado, caso contrário, você será percebido como combativo. Palavras agradáveis, mas diretas, na hora e no lugar certos podem salvar mal-entendidos e melhorar as relações. Lembre-se de que as pessoas não dizem o que sentem porque não querem magoá-lo ou porque podem tentar aliviar uma situação estressante.


Relacionamentos geralmente são formados quando um estudante estrangeiro toma iniciativa em encontrar estudantes dos EUA participando de programas sociais ou educacionais, piqueniques, festas ou atividades esportivas ou juntando-se a organizações baseadas em interesses comuns (xadrez, vela, dança folclórica) e voluntariado para ajudar em organizações que dependem de assistência voluntária.


Algumas diretrizes para situações práticas.


Agitando as mãos: Agitar as mãos é considerado educado quando você conhece alguém pela primeira vez. Em situações informais, como uma festa no campus, os colegas podem simplesmente dizer olá e acenar ou acenar. Um aperto de mão tende a ser mais formal. Em geral, os americanos evitam contato físico com estranhos. Um tapinha nas costas ou uma mão no ombro de alguém geralmente é reservada para amigos próximos.


Nomes e títulos: os nomes americanos geralmente têm três partes: primeiro nome, nome do meio ou nome e sobrenome. Na maioria dos casos, o primeiro nome aparece primeiro, depois a inicial do meio e depois o sobrenome.


Em muitos formulários e aplicativos, no entanto, o sobrenome é listado primeiro, seguido por uma vírgula e, em seguida, pela primeira e pela inicial do meio.


Os nomes geralmente são usados ​​com pessoas da sua idade e status. Se a outra pessoa for claramente mais velha que você, você deve usar o Sr., a Sra., A Srta. Ou a Sra. E o sobrenome.


Se a outra pessoa tiver um título como "Embaixador" ou "Reitor", use esse título e o sobrenome.


Qualquer membro do corpo docente pode ser tratado como "Professor", se ele ou ela tem o posto de professor assistente, professor associado ou professor titular. Você pode perguntar aos seus instrutores como eles preferem ser abordados.


Os americanos não usam um título seguido de um primeiro nome. Por exemplo, você não diria Elizabeth Taylor como Sra. Elizabeth, mas como Sra. Taylor.


Usar apelidos é bastante comum entre os americanos. Se o seu nome é longo e difícil de pronunciar, seus colegas podem lhe dar um apelido que pode ser uma versão mais curta do seu próprio nome. Ser chamado por um apelido geralmente não é considerado um insulto.


Doação de Presentes: Se você for convidado para um casamento, chá de bebê, bar mitzvah ou outra comemoração, espera-se que você traga um presente. Se você planeja dar dinheiro, o valor depende da proximidade de seu relacionamento com o anfitrião.


Para um casamento, a noiva terá "registrado" em uma ou duas lojas de departamento locais, indicando os itens e estilo que ela prefere. Você pode comprar ao casal um presente que não está listado, mas a maioria das pessoas compra algo listado no registro. Se você comprar um item listado no registro, informe à loja que está fazendo isso, para que o casal não receba presentes duplicados. Para um chá de bebê, traga um presente apropriado para um bebê recém-nascido. Para um bar/bat mitzvah presentes tendem a ser mais formal por natureza.


Se você deseja dar um presente quando sair para voltar ao seu país de origem, o melhor presente é algo exclusivo de seu país. As possibilidades incluem um livro sobre o seu país, um artesanato barato ou uma obra de arte, ou qualquer outra coisa que reflita sua cultura.


Se você tem uma dívida de profunda gratidão para com uma família anfitriã americana, uma forma comum de recompensá-lo é levar a família a uma forma de entretenimento, como beisebol, basquete ou jogo de hóquei, o balé ou um bom restaurante.


Jantar: A maioria dos americanos come três refeições durante o dia: café da manhã, almoço e jantar. O café da manhã começa entre as 7:00 e as 8:00, o almoço entre o meio-dia e as 13:30 e o jantar das 18:00 às 20:00. Aos domingos, o “brunch” é uma combinação de café da manhã e almoço, normalmente começando às 11:00 da manhã. Café da manhã e almoço tendem a ser refeições leves, com apenas um curso. O jantar é a refeição principal.


Derrubar - As palavras “gorjeta” e “gratuidade” são usadas de forma intercambiável, com “gratuidade” tendo uma conotação ligeiramente mais formal. Restaurantes não incluem uma taxa de serviço na conta, então você deve dar gorjeta ao garçom 15% da conta total. Se o serviço fosse lento ou particularmente ruim, alguns americanos dariam apenas 10%. Da mesma forma, se o serviço foi particularmente bom, é apropriado dar gorjeta de 20%.


Os taxistas esperam receber uma gorjeta equivalente a 15% da tarifa total. Se o motorista foi especialmente útil ou você chegou ao seu destino mais rapidamente do que o esperado, dê uma gorjeta de 20%.


Os atendentes do hotel esperam uma dica de US $ 1 para ajudá-lo com suas malas. Se você solicitar o serviço de quarto, a gorjeta está incluída na conta. Os atendentes de vestiário do casaco esperam US $ 1 por paletó. Cabeleireiros e barbeiros esperam uma gorjeta de 15% da conta. Os atendentes de estacionamento com manobrista esperam uma gorjeta de US $ 1.


Roupas de negócios - Trajes de negócios apropriados são extremamente importantes nos EUA. Se você se vestir inadequadamente para uma entrevista, por exemplo, suas chances de conseguir a posição serão significativamente reduzidas. Os homens devem ter pelo menos um terno, consistindo de uma jaqueta formal e uma gravata conservadora com uma camisa branca de abotoar. As cores do terno escuro, como azul marinho, preto ou cinza escuro, são as melhores. A roupa das mulheres é mais difícil de descrever. O objetivo é conseguir uma aparência conservadora e profissional. Linhas retas e cores escuras são preferidas.


A pontualidade é uma característica importante para adquirir. Se você chega atrasado a um compromisso, refletirá mal em você. Tente chegar a tempo, ou até um pouco cedo. Se você sabe que chegará tarde, deverá telefonar com antecedência para informá-los do atraso.


Assédio Sexual - Este é um assunto muito sério no campus e no local de trabalho. O assédio sexual consiste em avanços sexuais indesejados, pedidos de favores sexuais ou outro comportamento físico ou verbal de natureza sexual. Se você acha que está sendo assediado sexualmente, é importante que conte a alguém.


ASSÉDIO SEXUAL É UM CRIME NOS ESTADOS UNIDOS.

79 visualizações

BRASILEIRAS NOS EUA

©2023 by [Business Name]. Proudly created with Wix.com