Buscar

Se sentindo sozinha nos EUA

Oi pessoal!


O nosso blog vai mostrar o que fazer quando se sentir sozinha morando nos EUA.



Sei que muita gente acha o máximo morar aqui, e que é o sonho de muitas brasileiras, mas na vida real, nem tudo são flores.


Algumas pessoas acham que a gente badala e compra o dia todo, mas o dia a dia é bem diferente.


Pra começar, nao é facil se aproximar das americanas.


Elas são educadas mas no geral, são bem fechadas e gostam de privacidade.


O que é entendível, claro, pois não tem a cultura de se aproximar muito de uma pessoa estranha.


Tive uma roomate americana quando morava em NY que era bem legal. Mas sempre que estava em casa ficava no quarto dela no computador etc. Não ficava muito na área comum fazendo social.


Além disso, elas tem os clicks, que são os grupinhos das meninas que já se conhecem a muito tempo e que se juntam para socializar não deixando muito outras pessoas participarem. 


Elas são também bem competitivas no trabalho, o que torna mais difícil confiar e se aproximar.


Agora, o legal das americanas é que elas costumam ajudar a comunidade em que fazem parte, então se tem alguém precisando de ajuda, mesmo que não conheçam a pessoa, elas se juntam e ajudam mesmo.


Já nós brasileiras estamos acostumadas a uma vida social bem agitada, sempre juntando todo mundo, convidando pessoas novas e fazendo as coisas juntas.



Essa diferença cultural pode afetar muito o lado psicológico das brasileiras que moram  aqui.


Aqui a vida é muito ocupada e as pessoas vivem correndo sem tempo para nada.


Ninguém tem tempo de ficar de papo furado ou sentar para fazer uma refeição muito longa . O dia a dia é go, go go.


O meu dia a dia, por exemplo, é:


acordar, preparar as kids para escola, levar na escola, administrar a casa, ficar com o meu baby, fazer mercado, fazer ligações, colocar ele para dormir, fazer lavanderia, cozinhar, buscar as kids na escola, fazer homework, levar para as aulinhas, dar banho, jantar, por para dormir e conversar com o marido. Ufa! Não é mole né!


Maior correria, todos os dias. Isso quando não tem que levar no médico ou tem outros “eventos” que acontecem ou trabalhos voluntários etc.


Então, não dá tempo de ficar indo badalar em lugar nenhum.


Também, em geral, as famílias tem uma rotina bem restrita e com horários mais cedo do que no Brasil.

Por exemplo, a hora do jantar aqui é em torno das 6pm e as crianças dormem em torno das 7pm.


Com isso, muitas brasileiras acabam ficando com depressão ou se sentindo sozinhas. 

Muitas, inclusive, voltam para o Brasil. Outras ficam por aqui tentando lidar com as dificuldades do dia a dia.


Tem algumas dicas que aprendi durante todos esses anos morando aqui:


1- Fiz um trabalho de conscientização de que cuidar da minha familia é o mais importante. Então, toda vez que começa aquela sensação de solidão, foco a minha mente na minha familia.


2 - Fazer exercicios fisicos ou Yoga faz muita diferença.


3 - Participar de trabalhos voluntários. Você vai se sentir bem em poder ajudar e ainda vai conhecer pessoas novas.


4 - Ter um hobbie. E importante fazer alguma coisa que você ame e te faça bem.


5 - Tenha sempre uma rotina planejada. Isso faz você se focar nos afazeres mantendo a sua mente ocupada.


6 - Fique em contato com as suas amigas ou familia no Brasil. Falo sempre com eles e isso me ajuda a reconectar com a minha origem e dar boas risadas.


Essas dicas funcionam para mim mas talvez nao funcione para alguma de vocês. Mas olha, não desista! Tente encontrar algo que se sinta conectada.


Agora, se sentir que a solidão está piorando procure um centro de ajuda. Existem muitos por ai.


Qualquer coisa estamos aqui.


Um beijo.


135 visualizações

BRASILEIRAS NOS EUA

©2023 by [Business Name]. Proudly created with Wix.com